Futuro Marketing » Blog » Empreendedorismo » Como ganhar dinheiro criando sites sem saber uma única linha de código
Tipos de sites

Como ganhar dinheiro criando sites sem saber uma única linha de código

Este mercado está aquecido, uma vez que os serviços digitais retomaram a força durante a pandemia de covid-19.

Em 2020, o Brasil ultrapassou a marca de mais 122 milhões de pessoas conectadas à internet – os dados são de um relatório da ComScore, empresa de inteligência de mercado.

É bem provável que boa parte desses usuários utilize a web diariamente para buscar informações sobre produtos, serviços e comparar preços. Eles simplesmente digitam o que procuram nos buscadores e começam a filtrar as opções mais atraentes.

Isso significa que marcar presença na internet tornou-se sinônimo de “existir”. O problema é que nem todo mundo tem intimidade suficiente com a tecnologia.

Ainda mais para conseguir criar sua própria página. Mas, hoje, não é necessário encarar a tarefa como um bicho de sete cabeças. 

Existem ferramentas que permitem colocar uma ideia no ar mesmo que não se saiba uma única linha de código. Neste site, há muitas opções úteis para sua consideração.

De forma geral, são criadores de websites simples, rápidos e flexíveis, que vão fazer você poupar tempo e dinheiro, além de proporcionar que sua empresa esteja disponível 24 horas, podendo estimular vendas e alcançar novos clientes.

É válido destacar também que estas plataformas são tão simples de trabalhar, que podem até se tornar uma profissão paralela.

Quem tem o mínimo de conhecimento em tecnologia consegue oferecer o serviço e engordar o orçamento no final do mês. Inclusive, este mercado está aquecido. Logo, é para lá de recomendável aproveitar o momento. 

Mercado em alta

A pandemia de covid-19 fez com que as pessoas fossem obrigadas a passar mais tempo em casa, adotando o distanciamento social e evitando a circulação do vírus.

Esse hábito teve como consequência o crescimento do uso da web em todo o Brasil. Tanto é que foi registrado um aumento médio de cerca de 30% no tráfego de internet no País, de acordo com o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil).

Este crescimento está atrelado ao fato de que o lar virou um hub de tecnologias. As pessoas passaram a trabalhar, estudar e se divertir entre quatro paredes. Isso sem contar o consumo.

O e-commerce brasileiro apresentou uma alta de 75% em 2020, se comparado ao ano anterior, segundo informações do relatório da Mastercard SpendingPulse, considerado um indicador de vendas no varejo.

Isso prova que a internet se tornou vital para manter a economia nacional viva. E as empresas que não tinham um site até o momento, tiveram que correr contra o tempo para se adaptar ao mundo digital e continuar atendendo com excelência.

Esse movimento tem tudo para permanecer em alta ao longo de 2021, o que faz com que a procura por plataformas e profissionais que trabalham com esse tipo de demanda fiquem em destaque.

Principais tipos de sites

Quem deseja trabalhar criando páginas de internet, precisa entender, em primeiro lugar, que site não é tudo igual. Existem diferentes tipos de páginas, com propósitos diversos. A seguir, conheça as principais modalidades dentro do segmento.

  • Institucional

Este tipo de site tem o objetivo de divulgar uma empresa física ao mundo virtual. Normalmente, é feito para companhias comerciais, mas também pode ser usado por instituições sem fins lucrativos.

Este tipo de página costuma ser bem básica, com seções simples e assertivas, como Página Inicial, Quem Somos, Serviços e Contato. Também pode servir para passar credibilidade para clientes que estão interessados no trabalho.

  • Blog

Site voltado mais para o lado pessoal – o que não significa que não exista um passo a passo de como ganhar dinheiro com blog. Ele permite que o usuário publique artigos – ou “posts”, como são chamados – sobre variados assuntos e dando diferentes opiniões.

É caracterizado por ter a interação dos leitores e por divulgar o conteúdo mais recente primeiro, no topo da página. Geralmente, seguem uma temática específica, que pode ser gastronomia, viagens ou o que o usuário desejar. 

  • E-commerce

Quando se usa “e-” seguido de uma palavra, quer dizer que algo está relacionado à internet. O e-commerce – também conhecido como loja virtual ou comércio eletrônico – é uma página que permite a compra e venda por meio da web.

No início, era utilizado para vender produtos com valores modestos, como livros, CDs e brinquedos. Hoje, por sua vez, é usado para comercializar todos os tipos de produtos dos mais diversos valores, incluindo até mesmo iates e mansões.

Como oferecer o serviço

Não adianta começar a trabalhar com internet, mas não ter pessoas para atender. Para ganhar dinheiro com os criadores de websites, é necessário montar uma cartela de clientes. Aqui, a melhor forma de atingir essa meta é saber como vender ou oferecer seus serviços para o público.

A primeira dica é expor o seu trabalho. Para isso, você pode criar perfis em redes sociais, como Facebook e Instagram. Outra boa ideia é preparar um site – difícil pensar em forma melhor de apresentar seu portfólio do que justamente usando o serviço que é ofertado.

Independentemente da escolha, é importante ressaltar que os canais precisam ser atualizados com frequência, para passar maior credibilidade ao cliente.

Uma vez que você tenha criado formas de apresentar o portfólio, é essencial pensar nas necessidades do cliente. Muitas vezes, quem procura esse tipo de profissional tem pouco ou nenhum conhecimento sobre internet.

Por isso, é importante explicar didaticamente o que você vai fazer e praticar um excelente pós-venda, sanando qualquer dúvida que possa aparecer. Contar com preços competitivos – e camaradas – é mais uma forma de atrair trabalhos.

Por fim, é essencial que você seja uma pessoa de fácil acesso. Forneça e-mail, número de telefone e endereço de forma clara e objetiva, para que as pessoas que demonstrem interesse em seus serviços entrem em contato.

E lembre-se de informar o horário de atendimento, para não ser incomodado em momentos inoportunos.

Seguindo estas instruções, é bem provável que você consiga conquistar clientes e ganhar um dinheiro extra com a ajuda de criadores dos sites. Tudo isso sem saber uma única linha de código.

Junte-se a mais de 100.000 pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdo exclusivo e com prioridade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *