10 fontes de renda para você sair da crise

Muitas vezes guardar um dinheiro ao fim do mês, ou até mesmo realizar sonhos, cumprir metas, são impossíveis. Nesse momento, o que vem à cabeça é, como encontrar fontes de renda para sair da crise?

Fontes de renda para sair da crise, ou até mesmo para gerar um dinheiro extra, mudar de carreira é possível através da abertura de negócio online ou físico próprio que pode ser mais simples ou elaborado, isso depende da sua disponibilidade de tempo, habilidades, preferências de negócios. 

As possibilidades para gerar um renda extra ou sair da crise são infinitas, por isso, se você quer obter informações relevantes e dicas de como obter uma renda extra, continue lendo o artigo.

Definições gerais

Ocupação extra, significa realizar alguma atividade ou função remunerada, fora ou além do período de trabalho permanente.

Desse modo, um emprego como motorista de Uber durante um período diário curto, ou um aluguel de um cômodo no Airbnb, podem ser classificados como formas de gerar um dinheiro extra.

Porém, nem sempre um emprego de meio período vai gerar um dinheiro extra durante todos os períodos ou datas do ano, assim como, aplicativos de trabalho podem ter estratégias para minimizar o lucro do prestador de serviços.

Sendo assim, se você procura por uma ocupação lucrativa, muitas vezes elas são aquelas que oferecem uma flexibilidade maior, espaço para desenvolvimento profissional e resultam em lucros.

O que uma pessoa que busca uma fonte de renda extra, precisa saber?

Antes buscar um fonte de renda extra, é necessário se perguntar: 

1. Essa nova ocupação está ligada aos seus interesses ou paixões?

Geralmente, numa rotina diária que envolve um emprego fixo, filhos, amigos, responsabilidades, família, é difícil encontrar um tempo livre, ou até mesmo ter vontade de ser produtivo nesse período de tempo livre. 

Por isso, a importância de ocupações ligadas ao seu interesse ou paixões, pois elas despertam a vontade de trabalhar em seu tempo livre, ser produtivo, e se tornam uma fonte de renda para sair da crise. 

Se a ocupação não desperta o seu interesse, mas te motiva a trabalhar, ao invés de procrastinar, isso também é um começo, e pode ser o suficiente de início.

2. Essa fonte de renda extra, se adequa a sua rotina diária?

Se você possui um emprego fixo, é necessário considerar se essa fonte de renda extra se adequa aos seus horários extras ou rotina diária, visto que, essa nova ocupação terá uma demanda de tempo, e o ideal é que ela não atrapalhe seu emprego.

Além disso, um emprego estável pode ter exigências variáveis, como fazer hora extra, viajar, participar de uma especialização e ter reuniões com colaboradores internacionais. Sendo assim, o ideal é procurar uma ocupação que em casos de imprevistos possa ser reagendada.

3. A ideia de ocupação é financeiramente acessível?

De início, o lucro é menor, encontrar clientes é mais difícil, por isso a ocupação precisa ser acessível financeiramente, relativamente estável e ter um custo baixo, pois está em fase de teste.

Com o tempo, à medida que a ocupação está se tornando estável, é importante observar se ela está gerando resultados, lucros e se ao final do mês, você está conseguindo uma fonte de renda para sair da crise, um dinheiro extra. Se a resposta for não, talvez seja hora de iniciar outra atividade.

10 ideias de como conseguir uma fonte de renda extra trabalhando em home office

1. Produza e venda produtos caseiros

Hobbies, tem um grande potencial de se tornar ocupações lucrativas, e se eles estão ligados a produzir um produto caseiro, esse pode ser o seu diferencial e destaque.

Se você gosta de costurar, desenhar, escrever, cozinhar, você pode começar a idealizar ocupações que podem ser criadas e produzidas por você com um baixo custo.

Além disso, ao produzir algo próprio, você possui a liberdade para se certificar que o seu produto está associado aos valores da sua marca.

2. Elabore um curso online

Se você possui conhecimento ou especialização em alguma área, você pode elaborar um curso online e isso se tornar uma fonte de renda para sair da crise. 

Através de plataformas como Coursera e Udemy, você pode encontrar alunos e ensinar de forma virtual. 

Desse modo, se você transformar o seu conhecimento em um formato de ensino atrativo, poderá gerar uma fonte de renda extra.

3. Inicie um blog

O blog pode se tornar uma das fontes de renda para sair da crise, além de oferecer praticidade, pois pode ser gerenciado por um dispositivo móvel, e você só precisa de internet.

Contudo, o blog não oferece resultados a curto prazo, mas são uma ótima ferramenta para quem quer desenvolver a escrita, alcançar e obter seguidores e elaborar um portfólio profissional. 

Se você escreve sobre o seu trabalho, pode despertar o interesse de recrutadores, pois você é autêntico, escreve e demonstra suas experiências e opiniões, e isso também pode se tornar um destaque para o seu currículo, desde que sua escrita seja profissional e você crie conteúdos relevantes.

Mas, para o blog ser uma das fontes de renda para sair da crise, é necessário monetizá-lo, por meio de serviços e produtos, pois visualizações  não geram dinheiro, então apostar em posts patrocinados e marketing de afiliados é uma ótima ideia.

4. Produza um zine e venda assinaturas digitais

Zine é uma postagem voltada para um público muito específico, que debate sobre temas e tópicos que possuem uma circulação baixa. Como também, tem como característica principal a qualidade e produção artesanal, pois normalmente são produzidos à mão.

Designers, artistas e escritores, podem tornar o Zine uma fonte de renda para sair da crise ou fonte de renda extra, que podem se tornar uma amostra de seu trabalho.

Além disso, a internet deu uma nova possibilidade para editores ganharem dinheiro, através de publicações autorais de zine, em uma plataforma, no formato de assinaturas digitais.

Através do aplicativo de downloads digitais da Shopify é possível efetuar a venda de zines e outros produtos, e por meio do aplicativo Lulu xPress é possível imprimir o produto.

5. Se torne um profissional freelancer

O profissional freelancer é aquele que presta serviços para empresas, plataformas, sem vínculo empregatício.

Sendo assim, você pode trabalhar como programador, designer, escritor, assistente virtual, dar aulas particulares, revisar TCC e monografias, através da internet e ter clientes de todos lugares, além de ser um trabalho com retorno financeiro mais rápido.

Para aquelas pessoas que desejam um dinheiro extra, está se formando ou se formou e quer obter experiência prévia para o currículo, considere a possibilidade de ser um freela.

6. Produza designs autorais para um negócio de impressão sob demanda

Produzir impressões sob demanda, é criar e vender desenhos e designs exclusivos.Por meio de aplicativos como Printify e Printful, é possível fazer upload e impressão de designs em produtos como canecas, camisas, almofadas e outros.

Quando um cliente compra seus produtos, é que o pagamento é realizado, além disso, o fabricante que envia o produto. 

Ademais, os benefícios são inúmeros, uma vez que não é necessário ter um estoque físico, no seu tempo livre você pode produzir designs novos, criar estratégias de marketing. 

7. Tenha uma loja de dropshipping

Na modalidade Dropshipping, você trabalha desenvolvendo estratégias de marketing, divulgando a marca nas redes sociais, e prestando atendimento ao cliente, pois a produção e envio do produto é realizado por fornecedores terceirizados.

Além disso, é necessário que você encontre um nicho e produto ideal para vender, alcance clientes e encontre parceiros para realizar campanhas de publicidade.

Também é possível realizar dropshipping, em plataformas como Mercado Livre e Amazon, e assim captar um número maior de clientes.

8. Crie um podcast

O podcast é um meio, onde qualquer pessoa pode divulgar conteúdos diversos de forma virtual e obter uma das fontes de renda para sair da crise ou um rendimento extra.

Tem um custo baixo inicialmente, pois você só precisa de um bom microfone e pode utilizar plataformas de forma gratuita para gravar como a Audacity.

9. Tenha um canal na plataforma YouTube

O YouTube é uma das plataformas mais rentáveis da internet, e com nichos variados, onde os produtores de conteúdo podem abordar assuntos sobre trabalhos artísticos, discutir acontecimentos, compartilhar opiniões pessoais, porém, nos canais comerciais reside o potencial da plataforma. 

A plataforma YouTube pode ser utilizada para divulgar a marca, desse modo, é possível aumentar o alcance da sua marca ou loja virtual e alcançar o público a quem se destina seus vídeos e marca. 

Antes de abrir sua loja ou lançar sua marca você pode montar um conjunto de vídeos explicando sobre o seu produto, assim, você pode aumentar a visibilidade da sua marca e ganhar dinheiro com os anúncios da plataforma também, apesar dele começar a ser rentável, quando você possuir um número de inscritos elevado.  

Por fim, saiba dosar a quantidade de anúncios, assim, você não perderá inscritos.

10. Se torne um digital influencer 

As redes sociais podem se tornar uma das fontes de renda para sair da crise, conseguir uma renda extra ou se tornar seu emprego fixo.

Desse modo, as redes sociais são receptivas não só para digitais influencers já estabelecidos ou celebridades conhecidas, incluem também os chamados microinfluenciadores. 

Na plataforma Instagram, os microinfluenciadores obtêm seguidores engajados e trabalham com nichos voltados para conteúdos e produtos específicos.

Nem sempre a geração de dinheiro nessa plataforma ocorre a curto prazo, mas ela oferece diversas oportunidades de monetização como marketing de afiliados ou divulgação de produtos e serviços.

Além disso, você pode produzir conteúdos para determinados nichos, divulgar sua ocupação e serviços como freelancer, promover seus produtos ou marca, ou ser você sua própria marca, e divulgar sua rotina, estilo de vida ou conteúdos que deseja.

A prática leva ao lucro

A vantagem de elaborar, administrar e investir em uma ocupação extra é a oportunidade de gerar novas fontes de renda para sair da crise, aprender a ganhar dinheiro, e ter a possibilidade de se encontrar em uma profissão diferente.

As possibilidades de ocupações mencionadas acima podem auxiliar no seu crescimento e desenvolvimento como empreendedor e profissional. 

Além disso, para pintores, atores,  escritores e artistas de diferentes áreas, esse pode ser o passo inicial para alcançar independência artística, desejar ter novas experiências e converter um interesse ou paixão em fonte de renda.

Junte-se a mais de 100.000 pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdo exclusivo e com prioridade

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.